Artigos com a Tag

Tatuagem e Carreira

Tatuagem causa exclusão de candidato em concurso da Polícia Militar

O nosso País ainda precisa evoluir muito com relação às limitações que uma simples tatuagem pode oferecer para quem almeja um cargo público. Juízes, policiais e outros cargos que necessitam a prestação de concursos públicos ainda não podem ser prestados por quem possua uma tatuagem que fique à mostra.

Foto-de-policial-tatuado
Uma tatuagem no antebraço foi o motivo da exclusão de um candidato inscrito no concurso da Polícia Militar da Paraíba (PMPB), para o cargo de soldado. A medida foi tomada pela Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça, que resolveu manter a sentença em 1º grau. Ele foi considerado inapto à função porque, mesmo trajando o uniforme básico da corporação, o adorno ainda ficaria visível.
Depois de ser eliminado do concurso, o candidato Emanuel Luiz Freire Galdino entrou com mandado de segurança pedindo sua permanência na seleção, entretanto a solicitação foi negada em 1º grau. Ele ainda recorreu da decisão, alegando que o ato configura discriminação. Para a relatora do processo, juíza Vanda Elizabeth Marinho, a exclusão é justa, já que o edital do certame previa como condição de inaptidão ao cargo tatuagens obscenas e/ou ofensivas em qualquer parte do corpo ou tatuagens visíveis mesmo com a vestimenta militar.

Um breve relato de um Juiz tatuado

As vezes ainda me surpreendo com o preconceito que a tatuagem ainda sofre no Brasil, principalmente pelo fato de a capacidade profissional daspessoas ainda ser julgada por estas possuírem tatuagens. É tão cômico quanto deprimente ver que um bom profissional pode ser desqualificado em uma entrevista de emprego por possuir uma tatuagem enquanto em outras empresas a tatuagem é ignorada ou até mesmo um ponto a mais para o candidato.

Um texto me chamou a atenção ao ver o relato de um Juiz da 2ª Vara de Penápolis (SP) fala sobre casos que viu a trabalho relacionados a tatuagens e ele mesmo como tatuado expõe o que pensou nestes momentos, leiam abaixo:

 

Não faz muito tempo que resolvi fazer tatuagens. Não foi uma decisão difícil não, pois achava legal e concluí que não havia, como de fato não há, impedimento algum. Eu queria também provar para mim mesmo que tinha me livrado de uma pitada de preconceito que tinha na época da atividade policial. E talvez ajudasse outras pessoas a desmistificarem certas impressões…

Geralmente a primeira reação de quem toma ciência das “tatoos” é a de surpresa. Afinal, há algum tempo não se cogitava que um magistrado fosse tatuado. Aliás, a sociedade, de maneira geral, atrelava a tatuagem ao delinquente.

O preconceito e a discriminação contra os tatuados estão sendo gradativamente reduzidos. A prática se difundiu e as pessoas estão se acostumando com as tatuagens e se convencendo de que não passam de adornos.

Eu mesmo me perguntei, no dia seguinte ao do início do desenho: será que quem me avistar na rua vai pensar que eu não presto só por causa da tatuagem? Será que ontem eu era pessoa de bem, cumpridora dos deveres, e hoje, apenas por conta do desenho, já não tenho valor algum, já não sou digno de respeito e confiança? Pior que para alguns é exatamente isso…

Leia Mais

Tatuagem influencia no espírito empreendedor

O Vídeo Trend Tattoo é uma das pesquisas mais interessantes que já vi sobre o comportamento de quem é tatuado, com uma narrativa extremamente analítica e até mesmo poética, o vídeo explica como as pessoas tatuadas são mais seguras e tem a auto-estima mais alta, o que as torna mais empreendedoras inclusive.

Trend Tattoo é resultado de uma pesquisa baseada em entrevistas comjovens e adultos tatuados, psicólogos e profissionais especializados em comportamento humano. O estudo foi realizado pelo especialista em Decisões Estratégicas Flavio Ferrari, antigo CEO do Ibobe Media.

De acordo com o vídeo, as pessoas tatuadas têm comportamento diferenciado inclusive no mundo dos negócios. Como é uma atitude de auto-afirmação, a tatuagem influencia seu espírito empreendedor. Os tatuados possuem controle sobre si mesmos e sabem lutar pelo que querem. Confira: