Artigos com a Tag

Preconceito

Jornal ofende e vulgariza mulheres tatuadas

Agora no fim da tarde fui chamado pela @Caroldedodemoca no Gtalk que me alertou sobre um texto em um blog no qual se referia a um estudo publicado em um jornal de Alagoas.

A matéria do Jornal afirma que de acordo com um suposto estudo de comportamento, as mulheres com tatuagem gostam mais de sexo e ainda acrescenta que o tipo de tatuagem define as preferencias sexuais de cada mulher, incluindo tendências ao lesbianismo e participação de sexo grupal.

Segue o texto abaixo:

Um recente estudo realizado nas principais capitais brasileiras analisou o comportamento sexual das mulheres, levando em consideração o tipo de tatuagem que elas têm.

O pesquisador E. Mendes entrevistou mulheres em todo o Brasil e chegou a algumas conclusões: “Primeiramente, foi possível constatar que as mulheres tatuadas gostam mais e praticam mais sexo do que as mulheres sem tatuagem”, afirma Mendes.

“Parece que o prazer em sentir dor, de alguma forma está ligado à excitação sexual feminina”, afirma ele, ressaltando que 73% das entrevistadas que disseram gostar muito de sexo eram tatuadas, e quase metade das mulheres sem tatuagem que adoram sexo, tem intenção em fazer uma tatuagem.

A pesquisa serviu também para traçar o perfil sexual das mulheres de acordo com o tipo de tatuagem que elas têm.

– 82% das mulheres com tatuagem de estrela disseram preferir sexo selvagem;

– 42% das mulheres uma fada tatuada no corpo preferem sexo oral;

– 96% das mulheres que tem tatuada a frase Carpe Diem são adeptas do sexo no primeiro encontro;

– 55% das mulheres com tatuagens tribais têm tendencia ao lesbianismo;

– 42% das mulheres com uma tatuagem de borboleta já participaram de alguma orgia ou sexo grupal.

Leia Mais

Papais e Mamães Tatuados com seus filhos (101 Imagens)

Não é a primeira vez que publico uma série de papais e mamães modificados com seus filhos aqui no blog, mas diferente da primeira galeria, esta agora traz quase o triplo de imagens de homens e mulheres tatuados com seus filhos em fotos que mostram que o amor e afeto estão acima da pele, estão acima da aparência. Este post é mais uma prova de que o preconceito nunca atingirá àqueles que amam a modificação corporal e nem aos seus filhos que em lindos sorrisos mostram que o que define seus pais não é a aparência e sim os valores, caráter e o amor:

Papais e Mamães Tatuados com seus filhos (1)

 

Papais e Mamães Tatuados com seus filhos (2)

Leia Mais

Bryon Widner: O skinhead reformado em mente e pele

A tatuagem pode significar várias coisas na vida de uma pessoa, ou as vezes pode não significar nada como é muito comum no Brasil em que as pessoas marcam sua pele com algo que acham belo ou apenas que está na moda. O problema em arrepender-se de uma tatuagem é quando esta representa uma ideologia violenta e de agressão contra terceiros como é o caso deste post.

Bryon Widner precisou pagar caro pelo arrependimento com suas tatuagens de temas nazistas e em referencia à Supremacia Branca que cobriam seu rosto, pescoço e dedos das mãos.
Durante 16 meses, o mais conhecido e temido defensor da supremacia branca dos EUA apagou o passado marcado na pele.

O fundador da gangue skinhead Vinlander, em Ohio, foi preso antes dos 30 anos, mas em 2006 a sua vida mudou: Bryon Widner casou com Julie, que partilhava dos mesmos ideais, e juntos começaram a questionar as suas crenças.

Com a ajuda daqueles que antes eram seus inimigos, Widner conseguiu apagar parte do seu passado sem ter de mergulhar a cara em ácido.

Uma vez estava com o Tyrson e ele começou a chorar e uma mulher olhou para mim e disse: “Deve estar assustado com a sua cara”, afirma.

 

Leia Mais