O que são quelóides

Uma das razões pelas quais devemos cuidar muito bem de um novo piercing é para evitar a formação de quelóides. Difíceis de controlar e de remover as quelóides são um dos maiores motivos que levam uma pessoa a se desfazer de seu piercing.

O que é um quelóide? Um queloide é um caso especial de cicatriz. São lesões fibroelásticas, avermelhadas, escuras, rosadas e as vezes brilhantes, com formato de corcova. Podem ocorrer na cicatrização de qualquer lesão da pele e até mesmo espontaneamente. Geralmente crescem, e apesar de inofensivas, não contagiosas e indolores, as lesões podem se tornar um problema estético importante.

Como ocorrem quelóides: Queloides são formados dentro de tecidos enferidados. O colágeno, que é usado no tratamento de feridas tende a deixar a área da cicatriz muito maior, muitas vezes produzindo uma protuberância maior do que a cicatriz original.

O queloide não regride, e quando excisado (retirado cirurgicamente) tende a recorrer. Ocorre igualmente em ambos sexos embora seja relatado incidência maior, dentre os jovens, nas do sexo feminino, provavelmente refletindo uma maior frequência do uso de brincos.

Indivíduos negros tem cinquenta vezes mais quelóides que os de outras etnias em geral.

Apesar de fatores genéticos e predisposição serem altamente determinantes no surgimento de um quelóide, sabemos que não cuidar corretamente de um piercing pode ser a diferença entre ser o feliz ganhador de um piercing ou o dono de um quelóide. Saibam que cuidando bem de seus piercings vocês evitam muita vergonha e constrangimento, além de dores de cabeça com os tratamentos disponíveis para quelóides. Leia Mais