Entrevista com a equipe do site Wonder Girls Tattoo

Hoje é dia de conhecer mais sobre o portal Wonder Girls Tattoo, site de tatuagem que me entrevistou recentemente (Leia Aqui) e que tem uma equipe dedicada de editoras trabalhando em conjunto com o fundador Iúri Cremo em prol de mais cores na internet e no mundo em geral.

Iúri Carlos tem 31 anos, nascido em Anápolis – Goiás.

Formado em Redes para Computadores, já produziu bandas, é vocalista, fotógrafo, desenvolvedor de Sites, produtor de eventos, asatru, amante incondicional da Arte.

Ele é o criador do Wonder Girls e junto com a sua equipe de colaboradoras contou um pouco sobre o site:

Portal Wonder Girls

Quando surgiu a ideia de criar o Wonder Girls Tattoo?

Iúri Cremo, fundador do Wonder Girls

Iúri Cremo: Há muitos anos atrás, em 2009 eu criei uma seção dentro de outro Portal que tenho voltado ao cenário underground que vai do rock ao metal extremo (www.culturaempeso.com.br).

A idéia sempre foi valorizar a arte, os profissionais que trabalham com ela, dando voz a todos eles, e claro, aliar a beleza da mulher, que por si só já é poesia, à arte na pele, uma cultura milenar tão apreciada.

Com o passar dos anos muitas coisas foram se modificando, o blog ficou pequeno demais, e decidi tira-lo de dentro do CEP.

Foi ai que o Wonder Girls teve vida própria, cresceu e está em constante crescimento, cada vez mais bem visto por tatuadores, Alt Models, e páginas de tatuagem.

O WG, trouxe uma nova forma de expor a arte, não há outro ambiente na web que dá voz as modelos e aos profissionais como nós fazemos.

É o seu primeiro site?

Iúri Cremo:  Não, tive um blog de rock entre 2005 e 2006 se chamava “Caverna Punk”, em 2007 criei o Cultura em Peso (www.culturaempeso.com.br) que hoje é um dos portais mais bem vistos pelo cenário underground, em 2009 criei o blog do Wonder Girls dentro do CEP, e em 2012 o site.

Sonhos e objetivo que seguem de pé, sempre que posso dando um up da melhor maneira possível, durante um tempo trabalhei sozinho nos dois sites, mas hoje sou grato pelas equipes que tenho em ambos os portais, sem eles, este crescimento contínuo não seria possível.

 

E qual o foco do WG?

Iuri Cremo: Enfatizar a arte, dar voz aos profissionais envolvidos com a arte é um dos grandes focos do WG.

Divulgamos os artistas em suas tão variadas áreas dentro da arte como, tatuadores, piercers, performances freak,

Samantha Feehily, diretora de Redação do Wonder Girls

fotógrafos, dermo pigmentadores, estilistas, designes, produtores de eventos, convenções dentre muitos outros pontos.

Todos tem espaço, do iniciante ao mais experientes. Temos inclusive a coluna “Novatas e o preconceito”, para tatuadoras com menos de 3 anos de profissão.

Temos como meta diária mostrar que nossas modelos são mulheres inteligentes e especiais, que elas tem muito mais conteúdo que a simples e única exposição de seus corpos, tentamos retirar o sentimento, machismo e preconceito de que mulheres tatuadas e ensaios sensuais são vulgares.  

Também realizamos coberturas completas de convenções (Fotográfica, vídeo, redação e entrevistas)

 

Samantha: Mostrar que a arte da tatuagem pode vir acompanhada de bom gosto e respeito. Falar cada vez mais sobre o assunto é uma das maneiras de quebrar o preconceito e tentar, assim, uma melhor aceitação. Nosso foco é abordar temas e ensaios com foco na arte, falamos sobre a cultura da tatuagem e das modificações corporais sem preconceitos.

Ariana Pacheco: WG é um Portal de tatuagem e Alt Models, focado em trazer conteúdo sobre o mundo da tattoos.

Magê Mariotto: É um portal com notícias de profissionais e fotos de garotas tatuadas. Além de um portal, estamos no Instagram, no Facebook, no YouTube. Querendo acabar com o preconceito, mostrar conteúdo e novidades dentro do mundo da arte da tatuagem.

Débora Farias: Amantes da arte da tatuagem. Procuramos aliar informação e arte, além da nossa sessão de alt models.

Ludmilla Batista do Wonder Girls

Como são divididas as funções com sua equipe?

Iúri Cremo: Desde o mais básico ao mais complexo temos bem alinhadas as posições dentro do WG.

 

CEO: Iúri Carlos Cremo (Severino, faz tudo)

Direção de redação: Samantha Feehily (Jornalista)

Redação: Débora Farias

Social Media: Ariana Pacheco, Magê Marioto, Thaísa Carvalho, Ester Alves, Ludmilla Batista.

Designer: Jéssica Vuaden

Todas as administradoras são também recrutadoras.

Criação de conteúdo: Todas as modelos participam, tem voz e podem opinar.

Magê Mariotto

 

Magê Mariotto: Algumas modelos mesmo são administradoras de cada parte do portal.. Tem quem cuida do recrutamento das modelos, das postagens no facebook, postagens no instagram, no site, tem editor, redator, designer, cada uma fica responsável por uma parte.

Débora Farias: Cada um tem funções específicas e todo mundo se ajuda. As meninas que cuidam das postagens em redes sociais. E as meninas da redação. Toda a equipe é responsável pelo recrutamento e avaliação das novas modelos e modelos em potencial.

Eu (@debfarias) estou recrutando e sempre alinhando as pontas em todos os setores e auxiliando nosso diretor e as meninas da equipe, além de todo o envolvimento com as alt models (dúvidas em geral)

Como são selecionadas as modelos? Quais critérios para ser uma WG?

Jéssica Vuaden, Designer do Wonder Girls

Iúri Carlos: Vários quesitos são analisados, e dificilmente decido sozinho sobre a entrada de alguma modelo, a posição da equipe para mim é de suma importância.

Todas tem voto de peso igual, e toda modelo por mais tatuada que seja, é avaliada por todo o time, creio que é a forma mais justa para um bom recrutamento.

Se ela tem a maioria de votos ela entra, se não aguarda uma próxima avaliação.

Nós buscamos e nos interessamos não somente por beleza física, este é um dos critérios menos avaliados. Observamos muito onde estão as tatuagens (Se são visíveis quando está com mais roupas), a qualidade das tattoos da modelo, tamanho destas tatuagens, idade, e muitos outros quesitos internos.

Salientamos que todas devem ter tratamento igual, e que todas antes de entrarem são informadas que não toleramos brigas por ego dentro do grupo, é fundamental o respeito, união e amor entre elas, usar o rótulo de família alternativa por usar não é nosso objetivo.

E também recordamos que todas as modelos entram como não-oficiais, até se tornarem oficiais.

 

Samantha: Ter tatuagens é sem dúvidas, nosso primeiro critério. Mas a modelo precisa ter carisma e saber que, por sermos um portal noticioso, ela vai precisar criar conteúdo também, não somos um site de divulgação de modelos alternativas, somos um portal de conteúdo de tatuagem.

 

Magê Mariotto: Divulgamos bastante o portal, ou por indicação ou quando vemos alguém que se encaixa, convidamos. Mas no geral as próprias meninas entram em contato. Tem que ter tatuagem, claro, modificação corporal, não pode ser modelo de nenhuma outra página do segmento, e assumir a bronca de entrar pra família rsrs.

Débora Farias da redação do Wonder Girls

 

Ariana Pacheco: Critérios são variados, mas tem que ser bonita , espontânea , dedicada , e tatuada!

Débora Farias: As modelos são recrutadas com base no perfil das redes sociais e por indicação. A menina tem que ter tatuagens visíveis (obrigatoriamente), ser simpática, ter espírito de equipe, pois no Wonder Girls somos uma família

Quais os próximos passos e metas do projeto?

Samantha: Crescer e ampliar o leque, hoje já temos duas colunas fixas dentro de grandes revistas, uma inclusive na América Latina, nosso objetivo é expandir ainda mais os trabalhos dos tatuadores parceiros. Hoje já divulgamos flashes, imagens e entrevistas com grandes profissionais da área. Nosso foco é crescer ainda mais.

 

Iúri Carlos: A busca pelo crescimento e aprendizado é constante, nosso principalmente objetivo é estar cada vez mais a fundo dentro do mundo profissional da tattoo, buscar novos parceiros seja marcas, revistas, fotógrafos e seus projetos ou estúdios, o leque é grande.

Se tornar cada vez mais conhecido podendo levar a informação da arte o mais longe possível.

 

Um recado para quem deseja ser uma WG

Samantha Feehily: Saber que o WG não se resume em divulgação de fotos e sim em um portal que trabalha com notícias, vamos além do óbvio e buscamos meninas que pensem diferente também. Que queiram crescer junto.

Ariana Pacheco do Wonder Girls

Magê Mariotto: Um recado pessoal meu, é que aqui realmente é uma família tem modelos do país todo, sul, sudeste, norte. Grupo no WhatsApp que além das tattoos e divulgação do portal (é via de mão dupla, temos que dar também pra receber rs) falamos lá sobre tudo, e uma ajuda a outra em situações gerais da vida mesmo. Tenho certeza que quem entra pra essa família vai se sentir muito acolhida, feliz e valorizada!

Débora Farias: Um recado para quem deseja ser uma WG. Temos um grupo de recrutamento no facebook onde estamos sempre de olho.

Ariana Pacheco: Não desista do seus sonhos, vem ser  wg!.

Iúri Carlos: Todas as informações estão no nosso site ( www.wondergirls.com.br ), por lá você tem acesso a todos os canais do WG, seja por e-mail, Instagram ou Facebook.

 

Você pode ser também um(a) colunista WG para falar sobre arte, nos procure.

Para você que deseja ser modelo em um Portal que te dá voz, valoriza o seu intelectual e não somente a beleza, que trata o respeito entre as modelos com um pilar, seja simpática, educada, estilosa, e claro tatuada, nos vamos amar você.

Jogo rápido:

Uma música: Só uma é fogo, mas eu tenho escutado muito Misery Index, escolho Defector.

Um álbum: Homem Inimigo do Homem – Ratos de Porão

Suas 4 alt models favoritas: Essa pergunta é pesada ein? Hahaahh Só quatro é muito pouco e injusto, me pegou, eu vou escolher quatro modelos que não são admins, porque elas já sabem que eu amo elas do fundo do meu coração <3, lembrando que eu sou um admirador incondicional da beleza feminina,  e as tatuadas tem lugar cativo no meu coração, e eu adoro todas as modelos, mas vamos lá , só quatro …

Elda Eli, Taci Cris, Thaecos, Manuella Pelegrinello (Pode ser mais umas 80? Hahaha)

Família: É a base de tudo, e nessa fase horrível da vida tem sido um grande pilar para nos mantermos de pé, dêem valor a família de vocês, aos seus país, o dia de amanhã ninguém sabe.

Trabalho: Sou formado em Redes para computadores, amo o que faço, então é sempre divertido trabalho, seja com os sites ou com a profissão.

Tatuagem é? Arte, história, ensinamento, beleza, parte de mim.

Contatos:

Somos mais de 66 mil no Instagram e 8 mil no Facebook:

Ester Alves do Wonder Girls Tattoo

Grupo de recrutamento no Facebook: https://www.facebook.com/groups/1252770458167020/

Página oficial no Facebook: https://www.facebook.com/wondergirlstattoo/

Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/wgtattoobr

Instagram oficial: https://www.instagram.com/wondergirlstattoo/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCjaCZD1fPZ8ThuTH4pkXeqw

Email: [email protected] ou por formulário : http://wondergirls.com.br/contate-nos/

Thaísa Carvalho do Wonder Girls

Agradecimentos:

Agradecemos a oportunidade de poder contar um pouco sobre nós num blog tão conceituado no mundo da tattoo como é o Tinta na Pele.

Agradecemos a todos que nos acompanham e acreditam em nós.

Um abraço especial aos nossos parceiros, Revistas Metal Head e Rock Meeting, Blog Tattoo2me e Canal Estressadas.

Um recado as modelos, admiro como mulheres, como belas, amigas e mães todas vocês. <3

 

 

LEIA TAMBEM

Deixe uma resposta