Site lista locais onde é proibida a entrada de tatuados no Japão

O Japão é hoje em dia, um dos maiores berços da tecnologia no mundo, conhecida por ter em seu povo algumas das maiores gigantes tecnológicas no mundo como Canon e Nikkon ou as montadoras Mitsubishi e Honda Motors. Mesmo sendo um símbolo de modernidade e evolução, ainda hoje o Japão tem em muitos lugares pensamentos apegados a um passado obscuro, como é  o caso dos locais que proíbem a entrada e permanência de pessoas tatuadas devido à forte influência da Yakuza (máfia japonesa) e de seus membros identificados por tatuagens. Mesmo que hoje em dia a Yakuza tenha perdido seu poder e influência na sociedade japonesa, muitas pessoas ainda associam as tatuagens à máfia e por conta disso proíbem a entrada de pessoas tatuadas em diversos estabelecimentos no País como piscinas, saunas, onsens (fontes termais), casas de banho, e até praias são alguns dos lugares que proíbem pessoas tatuadas, até mesmo algumas empresas as vezes não aceitam pessoas tatuadas em seu quadro de funcionários.

Site lista locais onde é proibida a entrada de tatuados

Para impedir que pessoas tatuadas sejam pegas de surpresa pelas restrições do País, mesmo os turistas, foi criado o Tattoo Spotum site que lista os locais onde é proibida a entrada de pessoas tatuadas, categorizando-os de acordo com o nível de restrição à tatuagem, uma estrela não aceita tatuados; duas estrelas é o lugar onde eles avisam que você não pode entrar, mesmo que na verdade existam muitas pessoas tatuadas; três estrelas significa que mesmo tatuado você pode entrar, mas precisa cobrir a tatuagem; quatro estrelas é depende do caso, e o cinco estrelas são concedidas a estabelecimentos que permitem pessoas tatuadas sem qualquer restrição, basta entrar.

tattoo-spot-pg

Então já sabe: se vai ao Japão e quer curtir tudo o que o País tem a oferecer mas sem ser barrado por causa das suas tatuagens, é só dar um pulo no Tattoo Spoto site lista os locais de acordo com a região onde você quer encontrar cada lazer.

tattoo-spot-pg2

Acho uma boa iniciativa, mas espero que em breve o Japão mude seus conceitos e não barre mais a entrada de tatuados em locais de lazer pois um verdadeiro Yakuza só frequenta locais que pertencem à máfia.

Esse artigo foi adaptado do IGAUM, um ótimo site em português sobre o Japão mantido pelo amigo @OIgaum.

Deixe uma resposta