Reações alérgicas à tatuagem de Henna feita de forma irregular

Recentemente foram relatados muitos casos de alergias à tatuagem de Henna pelo mundo e inclusive no Brasil. Como vimos no artigo que fala tudo sobre a tatuagem de Henna, ela é feita do extrato de uma planta chamada Lawsonia inermis, original de regiões tropicais e subtropicais da África, sul da Ásia e norte da Austrália em zonas semi-áridas, usada amplamente como adorno ou tintura de cabelo na Índia e Oriente Médio pelas mulheres e que se tornou muito popular no ocidente, em países como o Brasil para uso em tatuagens temporárias. A Henna tem cor natural avermelhada ou ainda mais alaranjada mas o que vem causando reações alérgicas pelo mundo é principalmente a Henna preta.

Mesmo de origem vegetal, a substância tem trazido problemas aos consultórios dermatológicos que cada vez mais recebem pacientes com sintomas de dermatite de contato, alergias causadas quando a pele entra em contato com algo nocivo à saúde. A parafenilenodiamina é um dos aditivos químicos mais misturados à henna. A substância é um corante que garante ao produto de origem natural a cor negra e uma maior resistência à água.

72855_714212295279056_396043954_n
Caso recente de alergia à tatuagem de Henna no Litoral de São Paulo

Originalmente, a mistura de henna com parafenilenodiamina era usada apenas em tinturas de cabelo, na qual a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permite a presença de apenas 6% da substância química na fórmula. O problema, de acordo com os dermatologistas, é que já foram encontradas misturas com até 20% dessa substância altamente alérgica. Esse aditivo é amplamente explorado no caso das tintas usadas nas tatuagens provisórias.

Quem já se tatuou com henna e não teve reações alérgicas não deve pensar que está livre de sofrer com a alergia que ela pode causar. De acordo com o médico Sérgio Palma, é muito comum que o corpo do indivíduo rejeite a aplicação apenas na segunda ou terceira aplicação. “As reações começam com uma leve coceira, inicialmente com a pele avermelhada e, em seguida, com o aparecimento de bolhas”, detalha o dermatologista. De acordo com o especialista, o tratamento conta com a ingestão de medicamento oral e aplicação de pomada à base de corticóide.

hena
Manifestações alérgicas mais comuns ao uso de Henna irregular

Os casos ocorridos no Brasil estão chamando a atenção de autoridades que erroneamente podem vir a proibir o uso da Henna ao invés de conscientizar o uso correto do produto, prejudicando assim os profissionais da área que trabalham nas praias brasileiras e adotam todas as medidas de segurança no manuseio da Henna e que protegem os clientes de qualquer dano a sua saúde. Por outro lado, conter o uso da Henna como tatuagem temporária ainda pode prejudicar os clientes e tatuadores de tatuagens permanentes, pois sem as tatuagens temporárias muitas pessoas deixariam de fazer o famoso teste de ‘como se adaptariam a uma tatuagem’.

Esteja sempre atento à reputação dos profissionais que procura para qualquer procedimento em seu corpo, bem como a procedência do material utilizado na realização dos trabalhos pois sendo temporário ou não, é o seu corpo que sofre as consequências.

Deixe uma resposta