O que é uma quelóide | Tinta na Pele

Uma das razões pelas quais devemos cuidar muito bem de um novo piercing é para evitar a formação de quelóides. Difíceis de controlar e de remover as quelóides são um dos maiores motivos que levam uma pessoa a se desfazer de seu piercing.

O que é um quelóide? Um queloide é um caso especial de cicatriz. São lesões fibroelásticas, avermelhadas, escuras, rosadas e as vezes brilhantes, com formato de corcova. Podem ocorrer na cicatrização de qualquer lesão da pele e até mesmo espontaneamente. Geralmente crescem, e apesar de inofensivas, não contagiosas e indolores, as lesões podem se tornar um problema estético importante.

Como ocorrem quelóides: Queloides são formados dentro de tecidos enferidados. O colágeno, que é usado no tratamento de feridas tende a deixar a área da cicatriz muito maior, muitas vezes produzindo uma protuberância maior do que a cicatriz original.

O queloide não regride, e quando excisado (retirado cirurgicamente) tende a recorrer. Ocorre igualmente em ambos sexos embora seja relatado incidência maior, dentre os jovens, nas do sexo feminino, provavelmente refletindo uma maior frequência do uso de brincos.

Indivíduos negros tem cinquenta vezes mais quelóides que os de outras etnias em geral.

Apesar de fatores genéticos e predisposição serem altamente determinantes no surgimento de um quelóide, sabemos que não cuidar corretamente de um piercing pode ser a diferença entre ser o feliz ganhador de um piercing ou o dono de um quelóide. Saibam que cuidando bem de seus piercings vocês evitam muita vergonha e constrangimento, além de dores de cabeça com os tratamentos disponíveis para quelóides.

Como são tratados os quelóides:

* Cirurgia — Cirurgia requer grandes cuidados pré e pós operatórios. Alguns quelóides que recidivam após a excisão podem ser de dimensões superiores aos originais, existindo cerca de 45% de probabilidade de recurrência após cirurgia. Contudo, quelóides são menos propensos a recidivar se a remoção cirúrgica for combinada com outros tratamentos. A remoção cirúrgica ou por laser pode ser seguida de injeção intra-lesional com corticóide de forma a tentar evitar a recorrência. A sutura da pele inclui técnicas como a plastia em V e em W como tentativas de reduzir a tensão da pele, as quais reduzem a incidência da recurrência destas lesões após excisão.

* Pensos — Pensos úmidos executados em gel de silicone ou folhas de silástico foram testados com sucesso como forma de reduzir a proeminência dos quelóides ao longo do tempo. Este tipo de tratamentos não só é seguro como indolor.

* Corticóides injetáveis — Corticóides injetáveis são principalmente utilizados quando a cicatriz começa a espessar ou se o doente é já um conhecido formador de quelóide. Séries de injeções com acetonato de triancinolona ou outro corticosteroide podem reduzir o tamanho do quelóide, embora as injeções possam ser desconfortáveis.

* Compressão — Ligaduras de compressão aplicadas no local durante vários meses, por vezes até 12 meses, provocam redução das dimensões da lesão. Funcionam melhor quando utilizadas como prevenção de novas lesões.

* Criocirurgia — Criocirurgia é um excelente tratamento para quelóides pequenos e que ocorrem em pele levemente pigmentada. É frequentemente combinada com injeções mensais de cortisona. O uso da crioterapia é limitada já que causa despigmentação da pele. A pele é congelada e ocorre redução da circulação subjacente. Seu efeito, na verdade, é uma queimadura local por congelação. Descasca superficialmente a pele.

* Radioterapia — Pode ser usada, mas frequentemente não vai fundo o suficiente para afetar órgãos internos. Radiação ortovoltaica é mais penetrante e levemente mais eficaz. Não se conhecem provas de que possa causar qualquer forma de câncer após muitos anos de uso, mas é muito cara. Tratamentos com radiação podem reduzir a formação de uma cicatriz se for usada logo após a cirurgia, durante o tempo em que a ferida cirúrgica está se curando.

* Terapia a laser — É uma alternativa à cirurgia convencional para remoção de quelóides. Lasers podem descascar bem a pele superficialmente mas frequentemente não reduzem a massa de quelóide. O uso de dye-tuned lasers não tem mostrado melhores resultados do que o laser frio.

* Novos tratamentos — O uso de drogas para tratar doenças auto-imunes ou cânceres tem se mostrado promissores. Isso inclui interferon-alfa, 5-fluoruracil e bleomicina. É necessário estudos e avaliações complementares antes do uso generalizado.

Espero que todos tenham entendido que quelóides são coisa séria, cuidem bem de suas perfurações e vejam seu histórico familiar também, pois infelizmente piercings não são para todos e saúde está em primeiro lugar.

 

17 Comentários Em “O que são quelóides”

  • eu quero saber uma coisa esses queloides saem com o tempo?ou nunca mais saem e ficam deste tamanho na orelha?

  • Amigo, algumas crescem, outras não, depende do organismo mesmo, mas é sempre bom procurar um dermatologista, ele vai te receitar medicação adequada ou tratamento eficaz.

    Algumas queloides ficam pequenas, mas incham com mudanças de temperatura

  • PARA QUEM TEM QUELOIDES COMO EU SERIS MUITO BOM TER UM TRATAMENTO EFICAZ,MAS O QUE MAIS ME INCOMODA SOA CIRURGIAS DE DESLIGAMENTO EM PARTES DO CORPO COMO NAS JUNTAS E DE MOVIMENTO E TAMBÉM A DIFICULDADE DESTE TRATAMENTO PRA QUEM COMO EU NAO TEM CONDIÇ~EOS FINANCEIRAS O QUE EU FAÇO NESTE CASO,QUAL POMADA AJUDA CICATRICURE AJUDA?QUAL?

    • Oi Alexandre, desculpe a demora.

      Vou falar de algumas pomadas:
      Para redução de quelóides, o melhor são pomadas a base de corticóides, das que conheço temos a DIPROGENTA e a VERUTEX B que é a melhor no caso.

      Para cicatrização as melhores são a FIBRASE e a FIBRINASE, ambas por conterem antibióticos em sua fórmula devem ser receitadas por um médico.
      Boa sorte amg.

  • Tenho um queloide IGUAL o do menino da foto e gostaria de saber o que fazer, onde ele fez. To mt triste ; minha estima ta la em baixo !

    camillagoes1@gmail.com

    • Olá Camila,

      Ele fez uma cirurgia plástica mas antes recomendo procurar um DERMATOLOGISTA pois a quelóide pode ser revertida com corticóides tanto em injeções quanto em pomadas. A cirurgia pode ser feita pelo SUS após longa avaliação também. Boa sorte.

  • Oi eu tive uma queloide uns dias apos por um piercing no nariz não foi nada grave porque eu fiquei preocupada e tirei o piercing e fechou, gostaria de saber se eu posso por piercing no nariz novamente? eu acho lindo :)
    já faz um ano isso.

    • Aí depende se não se formou uma quelóide interna. Caso não aja nada do tipo nãao haveria nenhum problema em furar novamente. Peça a um profissional para dar uma olhada no seu nariz, ele vai olhar de perto e avaliar o caso para dar uma resposta concreta.

      Boa sorte

  • ooi, coloquei meu piercing no nariz a menos de uma semana !
    e tava trocado de blusa ele agarou e saiu .. e não consegui mais colocar ele porque ele é de rosquinha !!
    mais coloquei um piercing reto, sera que posso trocar ele por uma argolinha ?
    e por quanto tempo corro risco de crecer a queloide no meu nariz ?
    eu estou usando o Alcool 70% e um esplei Timeolate . eu fiquei com muito medo de enflamar ou dar queloide porque ele saiu e coloquei outro ..

    mee ajudem ! obg desde já =]

    • Mantenha a limpeza e a dieta para evitar infecções e quelóides. Desde que o material do piercing que vc colocou no lugar do primeiro seja de aço cirúrgico não oferecerá riscos.

  • Eu tenho segundo furo nas duas orelhas, e depois de uns dois meses, fiquei uma semana sem usar brincos. Um dos furos deu uma queloide bem pequena, mas o outro continua normal. Tem como ainda ter o segundo furo nessa orelha que deu queloide ou nunca mais?

    • Recomendo que procure um dermatologista antes, dependendo do grau de evolução da quelóide o uso de Verutex B ou outro corticóide pode acabar com ela para que não cresça e o furo possa ser usado normalmente.

  • Tenho queloide nos meu alargadores 24mm se eu fizer um tratamento com essas pomadas poderei usa-los normalmente ou terei de tirá-los?
    elas sao pequenas mas encomodam e tenho que dormir sem eles senao minha orelha enflama o que devo fazer?

    • Procure um dermatologista Anderson, ele vai avaliar o melhor tratamento para você, indo de corticóides a cirurgia

  • Galera, que medo é esse de procurar um médico???
    Viu que teve alguma anormalidade não fiquem rezando achando que vai passar!!!!
    E nada melhor do que um especialista para entender do assunto e medicar devidamente!!!!

    Tinta na Pele, parabéns pelo site!!!!!!

  • Bom, em 2011 eu alarguei minha orelha 3mm só q me deu um mal estar danado febre e tudo mais então bateu desespero e eu tirei o alargador a orelha fecho totalmente depois de um ano eu furei ela novamente e só posso usar brincos de prataa na época inchou e saia pus e dentro tinha e tem uma bolinha dentro beeeem peqena gostaria de saber se posso usar um alargador de espiral corre o risco da qeloide sair pra fora? E se é mais seguro fazer um segundo furo na orelha para usar alargador novamente. Aguardo respostas

    • Use um espiral pequeno. Acredito que não seja bom furar novamente em outro ponto pois poderia não fuçar esteticamente bem posicionado.

Deixe seu comentário

Ofertas

Categorias

Curta

Recomendo

Leia também